Havana

Voltar atrás
Category: Cuba / Localização: Havana, Cuba / Data: 10 May-2016
  • Habana29
  • Habana18
  • Habana3
  • Habana2
  • Habana9
  • Habana21
  • Habana32
  • Habana46
  • Habana40
  • Habana44
  • Habana19
  • Habana16
  • Habana15
  • Habana14
  • Habana12
  • Habana11
  • Habana10
  • Habana13
  • Habana52
  • Habana49
  • Habana51
  • Habana50
  • Habana53
  • Habana45
  • Habana43
  • Habana42
  • Habana41
  • Habana36
  • Habana37
  • Habana38
  • Habana34
  • Habana35
  • Habana33
  • Habana30
  • Habana31
  • Habana26
  • Habana25
  • Habana24
  • Habana23
  • Habana22
  • Habana17
  • Habana7
  • Habana6
  • Habana4
  • Habana5
  • Habana1
  • Habana20
  • Habana27
  • Habana28
  • Habana47
  • Habana48
  • Habana54

2

 likes
Partilhar esta galeria:

Há quem lhe chame a dama envelhecida… E esta parece-nos uma boa definição da Havana de hoje. É um desses casos em que as rugas e os cabelos brancos não são necessariamente algo negativo.

Com o passar dos anos a Havana foi perdendo parte do brilho e esplendor do Passado, dessa década dourada (anos 40) em que a cidade era a segunda casa da elite intelectual e económica americana (entre políticos, gangsters, actores de Hollywood ou escritores que seriam Prémio Nobel), passou por distintas crises existenciais, revoluções e golpes dolorosos, acumulou cicatrizes profundas, mas ganhou um charme e encanto que te conquistam à simples vista…

Caminhando pelas ruas da Havana vais encontrando indícios de uma juventude perdida, marcas visíveis dos dolorosos anos da Guerra Civil e, o que é mais positivo, traços de esperança nos rostos maduros que habitam hoje nesta cidade que é já uma autêntica senhora caribenha.

Mas que, ao contrário do que dizem muitos, não parou no tempo. Simplesmente mudou de cara, ao seu próprio ritmo, à velocidade permitida por um obrigado isolamento político que durou mais de meio século. Mas a beleza da Havana permaneceu aí todo este tempo, nas suas ruas, no Malecón, nos bares de salsa, nas praias que inspiraram a Hemingway e que continuam a ser uma fonte de inspiração para cineastas, escritores ou simples exploradores como nós…. A Havana conquistou-nos. Foi amor à primeira vista…

Comentar este artigo


Clica no formulário para ver mais