“Human”: uma viagem ao mais profundo do ser humano

Voltar atrás

Vi recentemente este documentário e não posso deixar de o partilhar aqui, já que me emocionou profundamente. Trata-se de “Human”, um projeto do realizador francês Yann Arthus-Bertrand, que durante três anos viajou pelo mundo com o objetivo de entender um pouco melhor em que consiste a essência do ser humano.

Pelo caminho entrevistou a mais de duas mil pessoas de 60 países, questionando-se sobre temas tão profundos, e por vezes dolorosos, como o amor, as relações humanas ou o trabalho. Grandes planos de rostos marcados por uma vida que nem sempre é fácil de suportar, moldados por experiências tão duras como a prisão, um casamento forçado ou a perda de um familiar. Rostos por onde deslizam suavemente lágrimas de sofrimento ou de alegria… Momentos inspiradores e emocionantes, entrecortados por imagens aéreas impressionantes dos países que visitou, como o Nepal, Paquistão, a Bolívia ou o Quénia, para dar apenas alguns exemplos.

O resultado é uma fusão de belas paisagens exteriores e interiores, um mapa das mais profundas emoções do ser humano, uma compilação de impressionantes histórias individuais que pouco pouco vão dando sentido ao objetivo deste projecto: entender o que une como seres humanos.

“Sonhei com um filme em que a força das palavras ampliasse a beleza do mundo. Estas pessoas falaram de tudo; das dificuldades de crescer, do amor e da felicidade. Toda essa riqueza é o centro do filme , afirma o realizador Arthus-Bertrand no site oficial do projeto “Human”. E eis o resultado:

Comentar este artigo


Clica no formulário para ver mais