Entrevista a Neus Morató

Voltar atrás

Quando pensamos na Neus Morató (também conhecida no Instagram como @nuvs13) pensamos em viagens. Mentalmente, viajamos de imediato por Estados Unidos da América, pela Alemanha e pela França, países onde viveu longas temporadas e por onde viajou sem parar. Principalmente pelo primeiro, que quase podemos considerar a sua segunda casa, onde criou os laços mais sólidos e onde regressa sempre que pode.

E é que esta tradutora nascida no interior da Catalunha não conhece fronteiras. Enquanto estudava Tradução e Interpretação na Universidade Pompeu Fabra, fez um programa de intercâmbio na Universidade de Newcastle-upon-Tyne, onde se especializou em Línguas Modernas. Mas não ficaria por aqui. Apenas alguns anos depois, concluía um Mestrado em Marketing Digital e Comércio Digital na escola de negócios EAE. Atualmente fala 5 idiomas (o alemão é o que lhe causa mais problemas), e tem um interesse especial pelas línguas gestuais espanhola e catalã. E só por isso já podemos concluir que a comunicação não representa um problema durante as suas viagens.

Entrevista a Neus Morató

A Neus já viveu em 4 países distintos. Mas não ficará por aqui…

A última vez que a vimos estava a pensar candidatar-se a um visto para a Austrália ou Nova Zelândia. E não ficaremos surpreendidos se daqui a algum tempo nos escrever desde a África do Sul ou de algum lugar remoto do continente asiático. E não podemos deixar de mencionar que este mesmo ano se lançou à aventura pelo Caminho de Santiago, percorrendo a pé quase todo o “caminho francês”.

Assim é a Neus, e por isso queríamos fazer-lhe esta entrevista. Porque nos interessava saber que espaço ocupam as viagens na sua vida, que lugares mais gostou de visitar e aqueles onde não regressaria nunca, como se organiza antes e depois de chegar ao destino e, claro está, para onde se dirige proximamente. E aqui estão as suas respostas:

Que lugar ocupam as viagens na tua vida?

O primeiro lugar, logo depois da família e dos amigos. Viajar é a melhor forma de aprender, sobre os outros e sobre nós próprios. Cada viagem é uma experiência única e o melhor de tudo é que o protagonista és sempre tu mesmo.

Entrevista a Neus Morató

“Cada viagem é uma experiência única”

Que valorizas mais numa viagem? As pessoas que conheces, os lugares que visitas, a gastronomia, os momentos em que não fazes absolutamente nada….

As pessoas. Viajar deu-me a oportunidade de conhecer muitas pessoas diferentes e de fazer amizades que sei que vão durar para sempre. Além disso, também desfruto muito dos lugares e das paisagens, sem colocar de parte as experiências, já sejam culturais, gastronómicas ou atividades desportivas que se possam viver em cada destino.

Grand Canyon, EUA

“Desfruto muito dos lugares e das paisagens”

Como escolhes normalmente os teus destinos de férias?

Normalmente deixo-me guiar pelas recomendações dos amigos. Mas as ofertas de voos também desempenham um papel muito importante.

De que viagem gostaste mais e porquê?

Da mais recente: o Caminho de Santiago. Isto se o podemos considerar uma viagem. Em menos de mês vivi muitas experiências, conheci pessoas maravilhosas, fiz amizades profundas com gente com quem nunca tinha cruzado nem uma palavra e pude ver lugares de Espanha que desconhecia completamente.

Caminho de Santiago

Percorrer a pé o Caminho de Santiago foi uma das melhores experiências que já viveu

Qual foi o lugar que mais te decepcionou?

Londres. Fui várias vezes e as últimas decepcionaram-me bastante. Tinhas boas recordações da cidade, mas por alguma razão deixou de me parecer interessante.

Qual foi o lugar que mais te surpreendeu positivamente?

Cidade do México, sem dúvida.

O destino que não recomendas a ninguém… Porquê?

Acho que há poucos lugares que não recomendaria, porque há sempre algo que vale a pena. Mas se tenho que mencionar alguns, diria que o Planalto Central dos Estados Unidos, Los Angeles ou Central Valley, na Califórnia.

Yosemite

A costa central e o norte da Califórnia, nos EUA, são alguns dos lugares onde Neus voltaria sempre.

A que lugar regressarias sempre?

A costa central e o norte da Califórnia.

O teu meio de transporte favorito….

Depois do avião, a pé.

Como organizas a tua mala? Com quanta antecedência?

Normalmente começo a fazer as malas uma semana antes de viajar. Mas acabo sempre por improvisar já na última hora. Trato de viajar com pouco peso.

Que tens que levar sempre? Qual é esse objeto imprescindível?

Bloco de notas, esferográfica e o telemóvel. Ah, e um biquíni, porque podes sempre encontrar um lugar idóneo para um mergulho. Nunca se sabe.

Cenotes, México

Neus leva sempre um biquini na bagagem.

Preparas as viagens com antecedência ou preferes improvisar no terreno?

Depende da viagem, mas normalmente tento programar tudo com um ou dois meses de antecedência. Mas a tendência é a improvisar, cada vez mais. É difícil saber quando encontrarás as melhores ofertas ou quando vais ter dias livres.

O episódio mais divertido das tuas viagens. E esse momento em que passaste um bocadinho de medo…

O mais divertido foi quanto uma amiga com quem viajava perdeu a chave do cadeado da bicicleta às duas da manhã, num lugar isolado no meio de Tulum. Tiveram que o serrar, já que sem a bicicleta não tínhamos forma de regressar ao apartamento! E a vez que tive mais medo foi quando me perdi, de noite e sem bateria no telemóvel, por umas aldeias remotas da Selva Negra, na Alemanha.

Que recordação trazes normalmente das tuas viagens? Tiras fotografias, compras o típico souvenir, procurar algum objeto exótico?

Pedras (preciosas e não tão preciosas), bilhetes de museus e outros folhetos. E, claro, fotografias…

praia no México

As fotografias são as melhores recordações das suas viagens

Qual é a viagem que te falta fazer?

Tenho uma longa lista de viagens para fazer, mas tenho muita vontade de subir ao Machu Picchu e de percorrer o Pacific Crest Trail.

QuestionÁrio Express:

Hostel ou Hotel? – Hostal
Sozinha ou acompanhada? – Começar sozinha
Mochila ou mala? – Mochila
Praia ou Montanha? – Impossível escolher
Cidade ou campo? – Uma combinação dos dois
Excursão organizada ou viajar por conta própria? – Viajar por conta própria
Viajante ou Turista? – Viajante
Um prato: Goulash
Um livro sobre viagens: Internet
Um filme sobre viagens: “Before Sunrise”
Um cheiro: O cheiro a mar da Costa Brava.
Uma imagem (que nunca poderás esquecer): As cores do pôr-do-sol no Grand Canyon.
Um objeto (que trouxeste de uma viagem e que tem um significado especial): Um anel que não tirei do dedo em 4 anos.
Uma pessoa que te inspirou a viajar: A minha amiga Laura Howell
O teu próximo destino: Ilhas Baleares

Impressões & Sentimentos: Cada viagem é uma experiência única e o melhor de tudo é que o protagonista és sempre tu mesmo.

Comentar este artigo


Clica no formulário para ver mais