02
Fev-2016

Reserva Natural de Paracas, Peru

Perú   /   Etiquetas:
  • Reservanatural7
  • Reservanatural6
  • Reservanatural5
  • Reservanatural3
  • Reservanatural2
  • Reservanatural1
  • Reservanatural8
  • Reservanatural9
  • Reservanatural10
  • Reservanatural11
  • Reservanatural12
  • Reservanatural13
  • Reservanatural14
  • Reservanatural15
  • Reservanatural16
  • Reservanatural17
  • Reservanatural18
  • Reservanatural19
  • Reservanatural20
  • Reservanatural22
  • Reservanatural23
  • Reservanatural24

Depois da visita às Ilhas Ballestas chegava o momento de partir à descoberta da Reserva Natural de Paracas, de percorrer durante mais de duas horas as suas extensas e solitárias estradas rodeadas por paisagens agrestes, desérticas e quase apocalípticas, de observar as suas fabulosas praias de areia negra e cor-de-rosa desde o topo de enormes penhascos.

Também esperávamos visitar o Museu de História (ou Museu de Sitio Paracas Julio C. Tello, o seu fundador) para saber um pouco mais sobre as culturas Nasca e Paracas, e conhecer de perto a fauna e flora de uma das regiões mais desérticas da costa do Peru, com temperaturas que rondam os 20º e uma pluviosidade média anual de apenas 1,83mm (só para que tenham uma ideia, na região do Alentejo, este valor ascende aos 1065mm) e onde o vento é um companheiro quase omnipresente. E assim foi.

ENTRE MAR E DESERTO

A primeira paragem do nosso itinerário foi no Museu Julio C.Tello, onde tivemos a oportunidade de observar uma série de peças da cultura Paracas encontradas nos principais núcleos arqueológicos da região. Há também um Centro de Interpretação, com informação detalhada sobre este ecossistema único no mundo e sobre os perigos e ameaças atuais à sua conservação.

Reserva natural paracas

Praias da Reserva Natural de Paracas, no Peru

Mais conscientes sobre a fragilidade do território que pisávamos, fomos conduzidos depois até à costa, para visitar algumas das praias mais belas desta zona do Peru. E a verdade é que ficámos surpreendidos com a beleza destas enormes e ocultas extensões de areia de tons negros e cor-de-rosa, praias praticamente virgens e isoladas, rodeadas por imponentes penhascos que as protegem dos fortes ventos enquanto contemplam placidamente o movimento hipnótico das águas do Pacífico… A paisagem é espectacular e convida a uns minutos de simples observação.

À MESA NOS DESPEDIMOS

ceviche

O ceviche é um dos pratos mais famosos do Peru

arrozdemarico

Arroz de marisco

O passeio terminou com um delicioso almoço num dos poucos restaurantes integrados dentro da Reserva, que oferecem deliciosos menus com os principais ingredientes da região: marisco, peixe fresco e diferentes variedades de milho.

Entre um ceviche, o prato estrela da gastronomia peruana, e um delicioso arroz de mariscos, terminávamos a nossa excursão pela Reserva Natural de Paracas, um lugar surpreendente que te ajuda a compreender porque o Peru está entre os cinco primeiros países com maior diversidade biológica do mundo.

0

 likes / 2 comentários
Partilhar este post:
  1. Ilhas Ballestas, PerúRoadMoving /

    […] ao cais de Paracas e iniciávamos a segunda parte da nossa excursão: íamos agora percorrer a Reserva Natural de Paracas e descobrir os seus segredos […]

  2. Viagem pelo Perú e BolíviaRoadMoving /

    […] Paracas reservámos um tour que incluía a visita às Ilhas Ballestas e um passeio pela Reserva Natural de Paracas, percorrendo solitárias estradas em pleno deserto, observando extensas e isoladas praias de areias […]

Comentar este artigo


Clica no formulário para ver mais

Arquivos

> <
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec
Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec